Halloween party ideas 2015

Se você é apaixonado pelo glamoroso mundo da moda, com certeza sabe que, além de ousado, esse mercado esconde milhares detos curiosos que poucas pessoas conhecem. São estilistas que chocam seu público, histórias sobre o surgimento e a nomenclatura de diversas peças de roupas e muito mais!

Separamos para você hoje 7 fatos curiosos sobre os acontecimentos que se passaram e ainda se passam no backstage desse universo fantástico que é o da moda. Acompanhe com a gente!

7 curiosidades sobre Design de Moda que você não conhecia


A minissaia era sinônimo de revolução e feminismo

Os anos 60 foram marcados por uma série de revoluções musicais e artísticas e é claro que o mundo da moda não poderia ficar de fora dessas manifestações. Nessa época, as minissaias surgiram para garantir a liberdade e a independência das mulheres. Eram exatos 30 cm de comprimento, combinados com blusas justas, botas altas e meias.
Houveram proibições na Holanda, protestos na França e Inglaterra. Mas, não teve erro, a minissaia caiu no gosto popular e até hoje é uma peça chave do guarda-roupa das mulheres.

Um dos principais ingredientes na fabricação de batons é a escama de peixe

Isso mesmo que você leu! A escama de peixe é um dos principais materiais utilizados na fabricação de batons. O cosmético possui uma substância chamada Guanina, material cristalino que produz um corante cristalino. E sabe onde encontramos esse material? Delas mesmo, as escamas de peixe. Por este motivo, os fabricantes utilizam esse tipo de matéria-prima para dar aquele efeito brilhoso nos batons.

Charles Frederick Worth foi o primeiro a criar uma Maison de Couture

Mais conhecido como o pai da alta costura, Chales Frederick foi o criador da primeira Maison de Couture na cidade de Paris. Além disso, o estilista foi o primeiro a utilizar modelos humanas para expor os vestidos da marca e a cobrar preços elevados para a obtenção dos seus produtos.

Os primeiros sutiãs não tinham alça

A origem da palavra sutiã vem do francês soutien gorge, que significa sustentador de seios. Mas o fato interessante é que, desde os primórdios romanos, as mulheres eram retratadas com os seios envoltos em tiras. Essa vestimenta era chamada de strophium. Mas, a inventora que oficializou a patente do sutiã foi a socialite americana Mary Phelps Jacob. Ela criou um modelo de peça íntima que funcionava por meio de lenços de seda amarrados por faixas.

Fita crepe, sua melhor amiga

O material é muito conhecido e útil nos backstages de ensaios fotográficos por um motivo bem simples. Algumas peças enrugam durante os ensaios e é aí que a fita crepe aparece como salvadora. Ela é utilizada atrás do corpo das modelos, deixando as roupas perfeitas e livres de dobras durante as fotografias. Exato! A fita crepe será a sua melhor amiga como profissional de moda!

As sandálias foram inventadas pelos egípcios

Os egípcios são responsáveis por grandes descobertas que perduram até os dias de hoje e uma delas é a sandália. Criadas há mais de 5.000 anos, o calçado era feito com as matérias primas: palha, papiro ou fibra de palmeira. Segundo fontes, até mesmo os faraós usavam sandálias de couro simples com enfeites de ouro.

Elizabeth I tornou o uso de chapéus obrigatório

A rainha Elizabeth I era apaixonada com chapéus e por isso obrigava todas as mulheres, a partir de 7 anos, a usarem também a vestimenta todos os domingos e feriados. E ai de quem não usasse, pois isso era motivo de multa!
E aí, gostou de saber essas curiosidades sobre Design de Moda? Tem mais algum fato incomum para acrescentar à lista? Compartilhe com a gente!

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.